Review: Saint Seiya Sanctuary Battle ( PS3 )

E ae Otakus e Nerds

Hoje venho até vocês falar sobre um jogo que saiu de forma muito discreta para PS3, Saint Seiya Sanctuary Battle ou Cavaleiros dos Zodíaco: Batalha do Santuário.

O jogo foi desenvolvido/Publicado pela Nanco Bandai, Ace Combate e Dark Souls. O jogo foi  lançado no dia 16 de março deste ano  e conta a saga do santuário e a luta dos Cavaleiros do Zodíaco para salvar Atenas, que foi atingida no coração por uma flecha, o jogo segue o estilo Musou, estilo em que se enfrenta uma grande quantidade de inimigos simultaneamente, intercalando com grandes batalhas entre os cavaleiros de ouro e o jogador.

 Nostalgia já na abertura

Ao colocar o Blu-Ray no Playstation 3, você já se depara com uma cena que traz uma certa nostalgia no anime, a abertura. A Abertura do jogo se assemelha muito há do anime e musica da abertura então, muito boa, me trouxe muitas lembranças boas, o’ que me ajudou a ter uma imagem melhor deste jogo.

Após este ponto vemos outra face do jogo, como por exemplo, péssimos modelos de fundo na tela inicial e a repetição da abertura do jogo ao mandar iniciar o jogo, considero isto um erro grave, pois neste ponto você já assistiu este vídeo e poderia ter começado com a narrativa do jogo.

Galerão reunido novamente

Galerão reunido novamente

 

 Jogar sozinho é sofrível

Após assistir novamente o vídeo de abertura, vemos um inicio de narrativa problemática que torna o jogo mais cansativo, o jogo lhe mostra imagens em sequência e um narrador descreve o’ que esta acontecendo, intercalando com as vozes dos personagens, deixando dessa forma o jogo cansativo.

Após a abertura o jogador é colocado na pele dos cavaleiros de bronzes, protetores da deusa Atenas, contra os lendários cavaleiros de ouro. Neste momentos o jogo de introduz de maneira satisfatória aos comandos básicos e a dinâmica das lutas.

Aldebaran de Touro chavecando o Seiya

Aldebaran de Touro chavecando o Seiya

O ápice do jogo, são as lutas contra os cavaleiros de ouro, tirando estes momentos o jogo perde o seu brilho, pois as lutas mais simples consomem muito tempo e não apresentam muito desafio, isso levando em consideração os mini-chefes.

MultiPlayer para os manos

Mestre e Discípulo juntos

Mestre e Discípulo juntos

Esta parte do jogo eu considerei muito mais divertida do que o single player em si, pois em grupo a diversão é muito maior, você brinca e se diverte de qualquer maneira.

Porem não espere muitas horas de diversão pois existe apenas um modo de jogo no multiplayer e este modo possui apenas 5 fases com 2 ou 3 inimigos em casa, o’ que torna o jogo em cooperativo muito fácil e rápido. Fica uma dica para vocês que só querem terminar rapidamente este modo, jogue com o cavaleiro de gêmeos e o Aldebarã de touro.

 

Os finalmente

Bem após horas de jogo, você percebe que o jogo é daqueles que possuem uma ideia boa porem não é muito bem executada e não é muito bem lapidada e com isso acaba se tornando enjoativa a experiência de jogo.

Talvez a produtora quisesse abraçar o mundo e criar um jogo de aventura e luta sendo que nem um e nem o outro conseguiram atingir o objetivo de convocar o usuário para o mundinho.

Porem o maior mérito do jogo é a de trazer o sentimento de nostalgia ao usuário e com isso os bons sentimentos que o anime trouxe a toda uma geração.

Notas

6.0 Apresentação
A Apresentação do jogo se salva em sua maioria pela abertura do jogo, porem ela possui muitos elementos que não agradam muito.
5.5 Gráficos
Os gráficos estão a baixo da média, diferente dos jogos do Naruto que você praticamente joga um anime, nesse fica claramente visível que são modelos 3D, o’ que dificulta a entrada no mundinho.
7.0 Som
A Dublagem não esta tão ruim e as musicas estão boas, este foi um dos elementos que eu mais gostei no jogo.
5.0 GamePlay
A câmera, não é muito boa ela se foca sempre em olhar para o jogador ou olhar para o inimigo principal, isso torna complicado de lutar em algumas situações e os personagens não possuem muitos golpes.
6.0 Geral
Não recomendo comprar este jogo, porem recomendo o alugueu do jogo se você é fãn de jogos e do anime dos Cavaleiros dos Zodiacos

Comentarios

comentarios

Powered by Facebook Comments

You can leave a response, or trackback from your own site.